quarta-feira, 19 de agosto de 2009

cuide de você


Domingo passado dei um pulo com o André no Sesc Pompéia, e então a me deparei com a exposição: "Cuide de Você"- de Sophie Calle. Fui então tomada por sentimentos de inveja, compaixão e intimidade. A primeira por me identificar pela fantasia de fazer arte e saber que nos meus modestos registros de pintura, fotografia ou nos textos, tô ali falando de mim. Posso dizer que mulheres abandonadas, ou frustradas dentro se seus relacionamentos se fortalecem quando dividem a angústia de perder, que muitas vezes não diz só respeito ao outro, mas também a paixão diluída com o cotidiano, a brutalidade do companheiro não re-conhecida agora, a liberdade e quanto a esta última, pense nela de forma bem abrangente, pois nem a discuto no seu sentido mais óbvio, mas mais na liberdade de ser, exercer.
Sophie Calle tem um texto bem legal sobre essa exposição, talvez a Manu começasse assim , quem sabe tenha soprado em seu ouvido.


"Recebi uma carta de rompimento.
E não soube respondê-la.
Era como se ela não fosse destinada.
Ela terminava com as seguintes palavras:"Cuide de você".
Levei essa recomendação ao pé da letra.
Convidei 107 mulheres, escolhidas de acordo com a profissão,
para interpretar a carta do ponto de vista profissional.
Analisá-la, comentá-la, dançá-la, cantá-la. Esgotá-la.
Entendê-la no meu lugar. Responder por mim.
Era uma maneira de ganhar tempo antes de romper.
Uma maneira de cuidar de mim."
Sophie Calle




mandei um trabalho meu para o blog da exposição e ele foi publicado.
legal.
http://blog.sophiecalle.com.br/

Um comentário:

Droeee disse...

Vi essa exposição também. Logo que voltei com a Ju. Foi um choque.