sábado, 27 de novembro de 2010

a cássia me escreveu.


foto: amarilio jr.


eu ando por ruas escuras
e o trabalho é uma dessas
daí caí num beco sem saída chamado amor, dizem que vão derrubar essa parede e abrir uma rua, vou esperar...
a vida tá corrida, e o coração cisma em bater devagar,
não que não me faça surpresas e em noites de angústia uma volúpia me toma e então meu coracão volta a funcionar.
não sei se tá beleza não.


Em 27 de novembro de 2010 22:04, rita de cassia m. de o. > escreveu:
Onde você anda? E o trabalho? e a vida? e o coração? beleza?
beijos,
Cássia

Nenhum comentário: