sábado, 30 de abril de 2011

Proxima Estación



"solidão é lavra que cobre tudo,
amargura em minha boca
sorri seus dentes de chumbo
solidão palavra, cavada no coração
resignado e mudo no compasso da desilusão."
Paulinho da Viola

Um comentário:

Thais Lavieri disse...

como sempre um singular olhar sobre o universo femenino!